Compartilhar:

Sanitários

Há sanitários na lanchonete.

Guarda-volumes

O guarda-volumes fica ao lado dos guichês de passagens.

Estacionamento

O estacionamento é gratuito e há espaço para embarque e desembarque rápido de passageiros.

Sobre a Rodoviária de Lençóis

Construído em 2008, o Terminal Rodoviário de Lençóis, na Bahia, fica localizado no centro da cidade, ao fim da Avenida Sr. Passos. À sua frente está o Rio Lençóis, de modo que quem aguarda o embarque ou acabou de desembarcar pode contar com uma vista charmosa com direito a palmeiras.

São apenas três viações que fazem o trajeto até Lençóis, Rápido Federal, Rota Transportes e Rotas do Triângulo. Os principais destinos são Feira de Santana e Salvador e há passagens frequentes para essas cidades.

O Terminal Rodoviário de Lençóis é pequeno e há espaço para um ônibus apenas. A sua estrutura é simples, ele tem uma lanchonete com sanitários e área externa para mesas. Ao lado ficam os três guichês das viações e o guarda-volumes. Ainda conta com dois telefones públicos e espaço para estacionar até quatro carros. Os grandes arcos de pedras que cercam o terminal combinam com os atrativos da arquitetura histórica da cidade.

Lençóis era conhecida como Capital do Diamante e foi uma das grandes terras de garimpo do Brasil. Em 1973 foi tombada como Patrimônio Histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Ela preserva o clima bucólico com sua arquitetura histórica, igrejas antigas e casarões coloniais do final do século XIX. Ao chegar ao Terminal Rodoviário de Lençóis é possível observar esse contexto histórico pelas ruas de pedras. Atualmente a principal atividade econômica da cidade é o turismo histórico e o ecoturismo. Ela faz parte da região da Chapada da Diamantina, composta por diversos morros, grutas, canyons, cachoeiras e lagos de água cristalina.